Diário de Viagem - 113/119 - 26/12/2006      Paris - Lisieux


 -x-x-x-x-x- . As 9:00 saímos para tomar o metro que deverá nos levar a Gare de Saint-Lazare.
A temperatura ambiente está em -2 graus.
Nosso objetivo hoje é chegar a Lisieux, localidade distante 181 km de Paris, onde foi construída a Basilique Sainte Therese.
Nossa viagem teve inicio as 10:43 e terá a duração de 1:23, para este percurso as passagens que nos foram fornecidas não especificava numero de acento, ou seja, sente-se onde tiver lugar vago e faça uma boa viagem, conseguimo arrumar dois lugarws, ficamos satisfeitos, mas..., o trem estava lotado (devido o retorno das pessoas que tinham passado o dia de Natal aqui em Paris, não existia lugar vago), e já iniciando a viagem apareceu uma senhorita francesa provando através de sua passagem que o lugar em que estávamos era dela.
Ficamos sabendo que existe a possibilidade de se reservar lugares independentemente da classe que se esta usando.
Deixamos os lugares e percorremos 10 ou 15 vagões na tentativa de encontrarmos algum lugar vago sem reserva, impossível, o trem estava lotado mesmo,por ser um dia após o Natal, chegamos ao primeiro vagão da composição tendo a nossa frente apenas a maquina do comboio, num espaço frontal a área dos acentos fizemos a nossa viagem, totalmente em pé.
Lisieux é uma pequena cidade do departamento de Calvados na região da Baixa-Normandia, França.
Nela morou e morreu Santa Teresinha.
Chegamos em Lisieux as 12:06, a Basilique de Santa Teresinha esta localizada no alto de um morro bem em frente a GARE, após 15 minutos de caminhada chegamos as escadarias da Grande Basílica.
A esquerda existe uma entrada para a Cripta e a direita para um cinema.
A grande torre esta afastada do templo.
A Basílica é uma das maiores Igrejas do século XX.
Sua construção teve inicio em 1929, sob o Papa Pio XI, ela foi abençoada em 1937 e consagrada em 1954.
Seus muros e os da Cripta são cobertos de mosaicos que refletem a mensagem de Santa Teresinha, fundada sobre o amor e a confiança no Amor Infinito de Deus.
Sob a cúpula, encontra-se o relicário que contem os ossos do braço direito de Santa Teresinha.
O Carmelo - o mosteiro das Carmelitas foi fundado em Lisieux no ano de 1838.
Em 1888, nele entrou aquela que se tornaria Santa Teresinha do Menino Jesus da Santa Face.
Em 1923 os restos mortais de Teresinha foram transferidos do cemitério a Capela do Carmelo.
Uma figura em mármore representa a santa no momento de sua morte, vestida com o habito do Carmelo.
Por cima da urna a estatua da Virgem do Sorriso, tão especial a Teresinha.
No exterior da Basilica em uma sala, são expostos os objetos que evocam a sua vida no Carmelo.
A Basílica é uma grande nave com duas laterais, seu formato é em cruz latina e no centro ao alto esta a grande cúpula da Basílica.  Nosso roteiro, Cidades pelas quais já passamos... Nas naves laterais, as capelas homenageiam Paises do mundo, inclusive o Brasil, e em cada uma existe uma mensagem de Santa Teresinha.
Um detalhe impressionante da beleza interna desta Basílica é o fato de seu revestimento ser todo em mosaico.
Visitamos a Cripta e assistimos uma missa celebrada por dois sacerdotes e 3 fiéis (nos dois e mais uma moça), a comunhão foi realizada nas duas espécies, pão e vinho (tomado diretamente no cálice - vinho branco).
A Cripta é na verdade uma Igreja de tamanho médio, com inúmeras capelas, apenas baixa estatura pelo fato de estar no subsolo da Basílica.
Ao sairmos encaramos a realidade francesa dos últimos dias, frio, nevoa, umidade de fazer tremer, ou melhor bater o queixo, estava muito frio mesmo, mas isso é um privilégio de alguns por estarem na França em plena época de final de ano, inverno mesmo, assim não podemos nos lamentar, apenas agradecer a Deus por estarmos vivendo um momento tão especial de nossas vidas e visitando lugares tão lindos e especiais.
Vamos tomar o trem as 17:09 para Paris, tomara que existam lugares desocupados para que a viagem seja um pouco mais confortável, entretanto o nosso lema é atingir o objetivo não importa se de pé, ou sentado, o importante é chegar lá, fizemos a maior parte da viagem de retorno em pé novamente.
Chegamos em Paris as 18:47, tomamos o metro e fomos para o nosso Hotel.
Acessamos a internet para ver os últimos comentários e atualizamos nossa página e vamos dar por encerrado o dia de hoje.
Amanhã será outro dia, mas será um dia a menos na contagem para o nosso embarque no dia 31-12-2006 saindo de Paris com destino a nossa querida Curitiba no Brasil.


Click nas fotos para ampliar.

Mendes  @   Rosa Maria

Voltar para Fotos     Proximo Diário     Home