Diário de Viagem - 032/119 - 06/10/2006      Dax


 -x-x-x-x-x- . O nosso dia começou com um amanhecer escuro e frio, mas sem chuva e com as ruas de Bordeaux limpas, chegamos a Gare para comprar passagem para Dax, localidade distante 148 km e mais ao sul o que nos levará para uma proximidade maior com a Espanha (saída 8:12).
Uma viagem muito tranqüila feita pelo TGV em carros de 2ª classe, mas com todo o conforto e onde se pode confirmar a pontualidade dos trens e a grande disponibilidade de lugares, visto que no nosso carro apenas quatro lugares estavam ocupados.
No percurso Bordeaux-Dax existe uma predominância muito grande de plantações de pinos, passamos por algumas indústrias especializadas em celulose.
Dax é uma comuna francesa na região administrativa da Aquitânia, no departamento Landes.
Estende-se por uma área de 19,7 km².
Chegamos em Dax e enquanto analisávamos o roteiro para seguir em direção ao hotel, fomos abordados por um cidadão que estava dirigindo uma camionete Pagero e gentilmente insistiu em nos dar carona até o Hotel Ibis, só que ao consultar alguns transeuntes sobre o endereço do Hotel acabou indo para o lado de St Paul de Dax, cidade gêmea de Dax, após alguns km constatou-se o erro e o mesmo reencontrou o caminho e nos deixou em frente ao hotel.
Em nossa primeira caminhada pela cidade passamos pela place de La Catedrale onde visitamos a Catedral de Notre Dame Saint Marie, é uma Catedral de estilo clássico "neo grego", data do século 17.
Tem uma magnífica porta chamada de Os Apóstolos.  Nosso roteiro, Cidades pelas quais já passamos e iremos passar...
Na praça da Catedral está a estatua do legionário romano com seu cachorro.
Em sua frente existe um chafariz de águas termas, onde se pode sentir o calor da mesma.
No solo existem 3 mosaicos que representam esculapio, mercúrio e um javali.
Pela Rue Gambetta fomos até a Eglise St-Vicent de Xaintes, passamos pelo convento dos Dominicanos e chegamos a Igreja, é uma Igreja em estilo neo romano, datada de 1893.
Tem um mosaico do século II, vestígio de um antigo templo romano no centro da nave.
Voltamos para o Place Fontaine Chaude onde existe uma fonte quente, autentico símbolo da estação termal, foi construída no século 19 sobre um presumido estabelecimento das antigas termas romanas.
Tem volume diário de 2.400.000 litros e a temperatura da água é de 62 graus.
Os mananciais quentes de Dax provem de uma capa subterrânea que adquire sua elevada temperatura a profundidade de 2.000 metros.
Após o almoço (plat de jour: carpacio de carne de boi com salada e fritas), após fomos conhecer o Hotel de Ville, passando pelo Hotel de Police e Palais de Justiça, chegamos a Square Max Moras, uma linda praça em homenagem aos filhos da França que deram a vida durante a 1ª e 2ª guerra mundial.
Seguimos pela Av. Georges Clemenceau e voltamos pela Rue de La Croix chegando a Plaza de Touros, lugar destacado da Touromania e das corridas landesas, a praça de touros foi construída em 1913 e tem uma capacidade para 8.000 pessoas.
Por hoje foi só, amanhã tem mais.


Click nas fotos para ampliar.

Mendes  @   Rosa Maria

Voltar para Fotos     Proximo Diário     Home